Ciclosocorrismo atende cerca de 40 ocorrências por mês

E-mail Imprimir PDF

O ciclosocorrismo idealizado e executado pelo Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas é um atendimento pioneiro no cenário mundial. Composto por 19 bombeiros, eles cobrem áreas que vão desde a praia da Pajuçara ao término do bairro de Cruz das Almas. Com bicicletas equipadas e bombeiros treinados e capacitados, atendem em casos de afogamento, traumatismo, mal-súbito e outros socorros.

Três militares compõem a guarnição de serviços, sendo dois socorristas e um guarda-vida. Eles atendem cerca de 35 a 40 ocorrências por mês e dentre as mais complicadas que aconteceram desde o mês de setembro está uma tentativa de homicídio por arma de fogo em que o tempo resposta do trio até o local foi praticamente imediato.

Os ciclosocorristas durante o horário de serviço ficam ora em pontos estratégicos da orla, ora fazendo rondas pedalando e caminhando.. Eles são equipados com todo o material necessário para efetuar um primeiro socorro a uma vítima que necessite de atendimento. Em uma das bicicletas carregam uma bolsa completa de atendimento pré-hospitalar com luvas, máscaras, gazes, talas, entre outros e equipamentos de salvamento aquático.

Segundo a Ten BM Suzuki, "o ciclosocorrismo é um serviço de grande necessidade na orla de Maceió devido o grande número de pessoas que freqüentam aquele ambiente, principalmente nos finais de semana".. Ela informou ainda que ocorrências com queimaduras em caravelas, mal súbitos e afogamentos são muito comuns e com o trabalho do ciclosocorrista o atendimento inicial se torna mais rápido até a chegada de uma viatura.

Retirado de  http://www.primeiraedicao.com.br/?pag=maceio&cod=4816 em 20/11/08

 

Adicionar comentario

:D:lol::-);-)8):-|:-*:oops::sad::cry::o:-?:-x:eek::zzz:P:roll::sigh:
Bold Italic Underlined Striked Quote


Codigo de seguranca
Atualizar

Canais

Ferramentas

On-line

None

Patrocinador

Banner

Parceiros

Publicidade

Banner