Ganhe dinheiro indo ao trabalho de bicicleta

E-mail Imprimir PDF

fasdfdsfEnquanto muitos de nós ficamos animados com a possibilidade de ganhar U$20,00 de dedução do imposto de renda (se um dia se materializar para o seu empregador), algumas comunidades já oferecem U$40,00 ou mais por mês em dinheiro para aqueles que vão ao trabalho de bicicleta.

Esta é a Anna de Birmingham, Alabama, que escreve para o the Bike Skirt Blog. Anna se enquandra nos perfil dos escolhidos pelo programa GetGreen CommuteSmart em sua cidade para receber U$2,00/dia em dinheiro. O GetGreen oferece aos ciclistas U$2,00 ao dia, e até U$120,00 em um período de três meses para qualquer um que more ou trabalhe em Jefferson ou Shelby Counties, quando a pessoa muda seu meio de transporte de dirigir sozinho para qualquer alternativa de transporte qualificada. Elisa Munoz de Birmingham, outra blogueira do Bike Skirt, recebe o dinheiro e foi recentemente notícia no jornal local.

Trabalhadores em Greater Atlanta, Georgia tem o programa Cash for Commuters, que oferece U$3,00 por dia e até U$100,00 em um período de 90 dias para aqueles que trocarem o carro por uma forma de transporte limpo qualificado, incluindo a bicicleta. Trabalhadores de outras parte do estado também têm a oportunidade de ganhar até U$25,00 em cartões de presente por mês. Que programas de incentivo financeiro existem na sua região?

Artigo publicado originalmente em inglês no site Commute by Bike.

Retirado de http://transportehumano.wordpress.com/2009/04/08/ganhe-dinheiro-indo-ao-trabalho-de-bicicleta/ em 15/05/09

 

Comentario 

  1. #1 Matheus Tavares Write e-mail
    2009-05-2017:13:46 Pena que a legislação brasileira não privilegia funcionários que vão de bicicleta. A legislação brasileira OBRIGA, isso mesmo, OBRIGA as empresas a pagarem o vale transporte aos seus funcionários registrados. Eu trabalho numa empresa no ramo de Construção Civil e a maioria dos pedreiros, ajudantes e serventes prefere ir de bike e receber em espécie o que seria o vale transporte, mas a empresa não pode, MTO TRISTE isso, além de diminuir a quantidade de pessoas utilizando os transportes públicos é mais um incentivo à prática de atividade física. Aqui em Aracaju as passagens são feitas em cartões eletrônicos, daí eles acabam alugando os cartões ou cedendo a alguém da família. Como tudo no brasil um desperdício

Adicionar comentario

:D:lol::-);-)8):-|:-*:oops::sad::cry::o:-?:-x:eek::zzz:P:roll::sigh:
Bold Italic Underlined Striked Quote


Codigo de seguranca
Atualizar

Canais

Ferramentas

On-line

None

Patrocinador

Banner

Parceiros

Publicidade

Banner