Associação de ciclistas de Balneário Camboriú defende a bicicleta como meio de transporte

E-mail Imprimir PDF

adfadsfafBalneário Camboriú é uma cidade plana, pequena, com clima agradável, só falta criar as condições adequadas, por isso há uma demanda reprimida no uso da bicicleta. A constatação é do presidente da Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú (ACBC), Fernando Baumann, que enxerga na bicicleta um transporte alternativo para o conturbado trânsito da cidade.

Para isso, é preciso criar rotas e ciclovias e no entendimento de Baumann, o administrador deve ouvir ciclistas. "A ciclovia da Quarta Avenida foi feita com boa intenção, mas faltou consultar quem sabe sobre o assunto e hoje tem problema de pavimentação inadequada e degraus de entrada e saída, além de empossar água", disse.

A Associação trabalha para incentivar as pessoas a usar mais a bicicleta. «É um dos poucos veículos que quase todas as pessoas têm acesso, proporciona o contato com a natureza, quem anda de bike tem mais disposição e mais produtividade", afirma Baumann.

É por isso que todo o último domingo do mês a Associação realiza passeios ciclísticos, com largada às 10h na praça Tamandaré e alternando as rotas. A resposta do público é positiva. No primeiro foram 80, no segundo mais de 100 e amanhã, a expectativa é ainda maior. O mais importante é a integração, crianças, jovens, adultos, famílias inteiras pedalando juntas", disse o diriente, convidando a comu nidade a participar amanhã.

Social

Paralelo aos passeios, a Associação investe no social, através do projeto Hot Bike, que realiza com crianças do Bairro Nova Esperança treinadas pelo bombeiro Galvão, que competem no bicicross.

Turismo

Também está em vias de ser lançado o Circuito Costa Verde Mar, em conjunto com a Amfri e o Clube de Cicloturismo do Brasil, com objetivo de tornar-se também uma atração turística, de olho inclusive nos turistas europeus adeptos do ciclismo que adoram conhecer novos destinos. "São pequenos caminhos de Santiago que começam a ser criados na nossa regiao, adiantou Baumann. Esses caminhos são vias secundárias, "por dentro" de vários municípios, Itajaí, Navegantes, Penha, Piçarras, Ilhota, Penha, Camboriú, Bombinhas, Porto Belo, com largada e chegada em Balneário Camboriú.

Título original: "Associação de Ciclismo quer valorizar bicicleta como meio de transporte"
Retirado do Jornal Página 3 - 27/06/09

 

Comentario 

  1. #3 jeff Write e-mail
    2012-05-0414:23:39 Pedalo quase a cidade inteira por ciclovia em Balneario camboriu, Parabeniso os responsaveis pelo transito da cidade, e muito bom pedalar aqui.
  2. #2 Deoclécio Osório Write e-mail
    2011-07-2509:57:29 É lamentável a péssima ciclovia que está sendo feita na Terceira Av. na frente do Banco do Brasil então é uma vergonha de tantata água que fica na mesma . Piso todo irregular, cheio de valhas . Assim fica difícil usar biciceletas. O Nosso prefeito no lugar de fazer teatrinho andando de biciceleta para se promover devia cobrar mais do responsável pelas ciclovaias .
  3. #1 alfredo Write e-mail
    2011-05-1610:59:28 ola eu sou argentino e vou ao balneario Camboriu presiso alugar bici em esa cidade , e posibel ? alguem pode avisar me de alguma loja para alugar bicicletas ?

Adicionar comentario

:D:lol::-);-)8):-|:-*:oops::sad::cry::o:-?:-x:eek::zzz:P:roll::sigh:
Bold Italic Underlined Striked Quote


Codigo de seguranca
Atualizar

Canais

Ferramentas

On-line

None

Patrocinador

Banner

Parceiros

Publicidade

Banner