Parlamentares pedem bicicletas ao invés de carros oficiais

E-mail Imprimir PDF

ddafdfAgora, recém-empossados no Parlamento, os piratas enviaram uma carta para o senador Ehrhart Körting dispensando os carros oficiais. No lugar deles, os novos políticos querem 15 bicicletas (cada uma custando no máximo US$ 2,6 mil) e bilhetes de transporte público.

Os piratas explicam que um carro com motorista custaria 93 mil euros por ano para cada um. Como foram eleitos 15, os custos anuais iriam para mais de 465 mil euros. As bicicletas custariam 30 mil euros, válidos por tempo indeterminado. A substituição, segundo eles, poderia economizar 369 mil euros.

O Partido Pirata alemão teve a maior votação de sua história. Eles abocanharam 9% dos votos para as eleições estaduais de Berlim — isso deu a eles 15 cadeiras no Parlamento, uma vitória inesperada.

“A principal força do Partido Pirata nessas eleições foi a transparência, além da insatisfação com a política que está sendo feita aqui”, explicou ao Link o brasileiro Fabrício do Canto, um dos responsáveis pela vitória dos piratas nas eleições.

Na plataforma, eles foram além das questões normalmente abordadas — como flexibilização do copyright e liberdade na rede — e incluíram em sua plataforma propostas de inclusão socia.

 

Título original:"Em vez de carros, bicicletas"

Retirado de http://blogs.estadao.com.br/p2p/2011/11/17/em-vez-de-carros-bicicletas/ em 18/11/11

Última atualização ( Sáb, 19 de novembro de 2011 09:31 )  

Adicionar comentario

:D:lol::-);-)8):-|:-*:oops::sad::cry::o:-?:-x:eek::zzz:P:roll::sigh:
Bold Italic Underlined Striked Quote


Codigo de seguranca
Atualizar

Canais

Ferramentas

On-line

None

Patrocinador

Banner

Parceiros

Publicidade

Banner