Seja bem-vindo.

Usuários de transportes não motorizados são marginalizados

E-mail Imprimir PDF
rqwerqwerMesmo com adesão crescente, usuários de formas alternativas de locomoção, como bicicletas e skates, sofrem com o desrespeito dos motoristas e o atraso no planejamento para esses transportes. Como uma realidade cada vez mais presente nos centros urbanos, os veículos não motorizados ainda são vistos como forma de lazer; e o pedestre é encarado como quem não tem dinheiro para comprar um carro -  uma verdadeira espécie de sociedade marginal do trânsito.
Última atualização ( Qui, 02 de agosto de 2012 12:11 )
 

Governos devem cobrar caro pelo uso do carro - Entrevista com Enrique Peñalosa

E-mail Imprimir PDF
asdfasdfSão Paulo tem que encontrar um jeito de tirar carros das ruas, construir corredores exclusivos para ônibus nas vias mais congestionadas e dar mais espaço para pedestres e ciclovias.Essa é a receita de Enrique Peñalosa, que foi prefeito de Bogotá entre 1998 e 2001 e que ajudou a recuperar várias áreas daquela cidade.A capital da Colômbia criou mais de 300 quilômetros de ciclovias, transformou sua cracolândia num megaparque e adotou o Transmilênio, sistema de ônibus rápidos parecido com o de Curitiba.Mas Peñalosa não acredita que Bogotá seja uma cidade modelo. "É uma cidade terrível, com problemas gravíssimos. Houve experimentos exitosos, mas ainda há muito a fazer", afirma.
Última atualização ( Qui, 02 de agosto de 2012 12:03 )
 

"Mobilidade para todos, é possível?", por Nazareno Stanislau Affonso

E-mail Imprimir PDF

dffdSe há um tema mais popular que o futebol no Brasil é o da mobilidade urbana. A maioria das pessoas nas conversas de bar, nos escritórios, em casa tem uma opinião a respeito de como melhorar o trânsito, os transportes coletivos, as calçadas, as bicicletas etc. Hoje, cidades médias e mesmo as pequenas já conhecem engarrafamentos diários. E nos grandes centros e cidades médias, os automóveis são responsáveis diretos pela baixa velocidade, aumentos dos custos das passagens dos ônibus.
Última atualização ( Ter, 07 de agosto de 2012 11:50 )
 

"Porque aboli o carro da minha vida", por Raí

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 

dfasdfsHá dois anos mudei de vida: escolhi não ter mais carro. Vou trabalhar de bicicleta, de carona ou a pé, e o resultado é que agora vivo melhor. Antes, eu perdia a paciência, ficava estressado, procurando novos caminhos para escapar do trânsito, evitava horários... E me dei conta que não era uma coisa saudável.
Última atualização ( Dom, 08 de julho de 2012 13:47 )
 
More Articles...
Página 3 de 57

Canais

Acesso restrito

               

Ferramentas

On-line

None

Patrocinador

Banner

Parceiros

Publicidade

Banner