Seja bem-vindo.

"Como a política mata ciclistas" por Denis Russo Burgierman

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

dfdfNunca andamos tanto de bicicleta - e por isso mesmo nunca houve tão pouco espaço para elas. E para mudar isso só há um caminho: acabar com a miopia urbanística dos governantes. Cada um de nós tem uma escolha a fazer sobre como chegar ao trabalho todas as manhãs. Podemos ir de carro, a pé, de transporte público, de táxi, de moto, de bicicleta. Há prós e contras para todas as opções. Ônibus é mais barato, mas também não é nenhuma pechincha: em São Paulo, onde a passagem custa R$ 3, um mês de ida e volta de ônibus custa R$ 180 por pessoa, 30% do valor do salário mínimo. E é infernal: implica muito aperto, muito tempo perdido, muito susto com motoristas estressados... (e quem não se desequilibraria passando o dia no trânsito?).
Última atualização ( Ter, 24 de abril de 2012 12:57 )
 

Bicicleta na vanguarda da sociabilidade - Entrevista com Goura Nataraj

E-mail Imprimir PDF

dfadsfO mestre em filosofia Jorge Brand, conhecido como Goura Nataraj, é professor de ioga e coordenador-geral da Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu. Um dos membros do Coletivo Interlux, Goura discute a ocupação do espaço público como uma questão sempre ligada à política. O movimento pelo uso da bicicleta, por exemplo, é uma dessas novas formas de viver a cidade, enquanto os shopping centers são locais alienantes ao excluírem os pobres e deixarem "ruídos" indesejados do lado de fora. Leia mais na entrevista a seguir.
Última atualização ( Qua, 11 de abril de 2012 11:27 )
 

"Bicicletas e a Ingestão de Bebidas Alcoólicas", por Marcelo José Araújo

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 

dfadfMuito se fala da ingestão de bebidas alcoólicas e condução de veículos motorizados, mas não se pode esquecer que a infração administrativa também pode ser cometida na condução de veículos de propulsão humana e também tração animal. O mesmo não se aplica ao crime do Art. 306, pois o Capítulo XIX do Código de Trânsito, que trata dos Crimes de Trânsito, especifica que eles ocorrem na condução de veículos automotores. Isso não livra o ciclista de responder por lesão ou morte que venha a causar, só que nesse caso responderá a luz do Código Penal, e não do Código de Trânsito.
Última atualização ( Qua, 11 de abril de 2012 11:48 )
 

"Uma paixão de ônibus", por Ivan Martins

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 4
PiorMelhor 
dfdfDesde que roubaram meu carro, há uns 30 dias, tenho feito algo que eu não fazia há muito tempo: andar de ônibus. Numa cidade como São Paulo, no verão, isso significa tomar muito sol, tomar chuva e, frequentemente, perder tempo demais no ponto de ônibus. Mas a experiência não se resume aos aspectos ruins. No lado bom, eu redescobri o ônibus, e também o metrô, como um lugar de contatos humanos. É possível conversar, rir e até se apaixonar na condução. O transporte público não é só mais ecológico, ele pode ser mais romântico também.
Última atualização ( Qua, 11 de abril de 2012 13:01 )
 
More Articles...
Página 10 de 57

Canais

Acesso restrito

               

Ferramentas

On-line

None

Patrocinador

Banner

Parceiros

Publicidade

Banner